TCU aponta superfaturamento milionário em ponte do AC

O Tribunal de Contas da União (TCU) encontrou superfaturamento de mais de R$ 3 milhões nos serviços de construção da ponte sobre o Rio Acre, que liga os municípios Brasiléia, no Acre, e Cobija, na Bolívia. O TCU identificou ainda que o projeto executivo estava incompleto e inadequado, o que elevou os custos da obra em mais de 150%.O ex-diretor-geral do Departamento de Estradas e Rodagem do Acre (Deracre) Sérgio Yoshio Nakamura e o Consórcio Pontes do Acre, contratado para executar os serviços, deverão apresentar justificativas ou devolver em solidariedade o valor de R$ 3.384.668,73 atualizado monetariamente. O auditor Marcos Bemquerer Costa foi o relator do processo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.