TCU suspende licitações para exploração de TV

O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou, por medida cautelar, que o Ministério das Comunicações suspenda, por irregularidades, licitações referentes a aprovação de concessão para exploração de TV. De acordo com o TCU, o ministério não encaminhou previamente para análise os documentos relativos ao primeiro e segundo estágios do processo licitatório, conforme exigido por lei. O tribunal determinou um prazo de 15 dias para as explicações sobre as irregularidades. O relator do processo é o ministro Raimundo Carreiro.

PAULO R. ZULINO, Agencia Estado

05 de dezembro de 2007 | 12h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.