Teclados maiores ou tela de toque? Escolha o seu

Smartphones são os celulares mais completos à venda. Eles têm ferramentas a perder de vista. Por isso, na hora de escolher um deles, pense bem nas necessidades do seu dia-a-dia. A maioria das pessoas só precisa de um aparelho para ler e-mails, abrir um ou outro anexo e navegar em sites da internet. E querem fazer isso em um telefone com tela grande o suficiente para facilitar a navegação e ainda precisam de teclados melhores para digitar. Nesse caso, o melhor é escolher um aparelho com aquele teclado grandalhão, conhecido como QWERTY, sigla que corresponde às seis primeiras letras do teclado (digite para ver!). Eles são muito – e bota muito nisso – mais ágeis para digitar um e-mail ou editar um documento de texto, por exemplo. Esse tipo de smartphone tem uma aparência careta. Por isso, há quem prefira um telefone mais bonitinho, mesmo com um teclado menor. Há aparelhos com tela sensível ao toque, o que diminui a quantidade de botões sem perder a facilidade de digitação. Outros ainda têm teclados híbridos, com teclas no padrão QWERTY, mas com duas letras por tecla. Smartphones avançados trazem recursos para se conectar ao trabalho. Dá para acessar a rede da empresa remotamente, fazer ligações entre vários números, etc. Não só os modelos maiores têm esses recursos. Pelo contrário. Alguns têm teclado como o dos celulares comuns e ainda fazem toda a integração com o escritório.

02 Junho 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.