Técnico da Inter nega que Forlán tenha se recusado a jogar

O técnico da Inter de Milão, Claudio Ranieri, negou que o atacante Diego Forlán tenha se recusado a sair do banco no empate sem gols de seu time com o Atalanta neste domingo, resultado que prejudicou seriamente suas esperanças de obter a terceira colocação no Campeonato Italiano e uma vaga na Liga dos Campeões.

REUTERS

18 Março 2012 | 16h39

O uruguaio Forlán foi visto envolvido em uma alteração com Ranieri e não entrou em campo.

"Ele não se recusou a entrar, estava conversando com ele sobre tática", disse Ranieri, cujo time divide a sexta colocação da liga italiana.

Carlos Tevez, atacante do Manchester City, recusou-se a se aquecer enquanto era reserva em um jogo da Liga dos Campeões contra o Bayern de Munique em setembro e só agora, depois de se desculpar, voltou à equipe.

Sob pressão, o técnico, que viu seu time ser eliminado da Liga dos Campeões no meio da semana passada, também negou que o presidente Massimo Moratti tenha saído intempestivamente do estádio no intervalo depois que Diego Milito perdeu um pênalti.

Mais conteúdo sobre:
TCNICO DA INTER NEGA QUE FORLN TENHA SE RECU*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.