Técnico em informática é preso por pedofilia

SUZANO (SP)

, O Estadao de S.Paulo

26 de novembro de 2009 | 00h00

Um técnico em informática de 48 anos foi preso ontem em Suzano, na Grande São Paulo, por suspeita de envolvimento em uma rede de pedofilia com ramificações em sete países. Segundo o Ministério Público Estadual, a casa do suspeito era usada para encontros entre pedófilos e crianças. Equipamentos de informática e documentos foram apreendidos na residência. Pelo menos seis vítimas, menores de idade e de famílias pobres, prestaram depoimento ontem. O técnico poderá ser acusado por exploração sexual, corrupção de menores e formação de quadrilha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.