Telefónica tem direito de se desfazer de fatia na Mediaset Premium, dizem fontes

A espanhola Telefónica tem o direito de vender de volta sua fatia de 11 por cento na unidade de TV paga da Mediaset, a Mediaset Premium, se o grupo de mídia italiano encontrar outro parceiro para o negócio, disseram duas fontes próximas da situação à Reuters.

REUTERS

04 Setembro 2014 | 09h29

A Telefónica comprou a fatia em julho por 100 milhões de euros, avaliando a Mediaset Premium em 900 milhões de euros e marcando uma nova expansão para o setor de TV paga.

"A Telefónica tem uma opção de devolver sua fatia de 11 por cento na Premium em seis meses a partir de sua entrada na empresa se outro sócio vier a bordo", disse uma das fontes.

A Mediaset e a Telefónica se recusaram a comentar.

O vice-presidente do Conselho de Administração da Mediaset, Pier Silvio Berlusconi, disse em julho que a companhia estava em negociações com a francesa Vivendi, a Al Jazeera e outras para cooperar no negócio de TV paga.

Espera-se que a Vivendi entre em breve na Itália por meio de uma fatia na companhia de telecomunicações Telecom Italia. A companhia também está buscando acordos de conteúdo como parte de uma nova estratégia liderada pelo presidente do Conselho, Vicent Bolloré.

Analistas sugeriram que uma parceria entre a Vivendi, dona da operadora de TV paga francesa Canal Plus, e a Mediaset Premium poderia fazer sentido.

(Por Claudia Cristoferi)

Mais conteúdo sobre:
TELECOMTELEFONICAMEDIASET*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.