Telefônica vai protocolar operação de compra da GVT na Anatel até 4a feira

O presidente da Telefônica Brasil, Antônio Carlos Valente, disse nesta terça-feira que a operação de compra da GVT pelo grupo espanhol deve ser protocolada na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) até quarta-feira.

REUTERS

07 de outubro de 2014 | 18h57

O executivo disse ainda que acredita que a operação será protocolada para avaliação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) até o fim deste mês.

Valente disse que o ideal para a empresa é que a operação seja avaliada pela Anatel e pelo Cade até o final do primeiro semestre de 2015.

O executivo falou a jornalistas após reunião com o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, que teve como principal objetivo detalhar a operação. Valente estava acompanhado do presidente da GVT, Amos Genish.

Questionado se haveria mudanças na liderança da GVT, em meio a informações da imprensa segundo as quais Genish iria para o comando da Oi, Valente declarou que "da nossa parte, o interesse é que o Amos continue conosco. Mas não me sinto capaz de responder por ele em relação ao futuro", disse.

O grupo francês de mídia Vivendi concluiu em setembro a venda da GVT para Telefónica, em uma operação em dinheiro e ações avaliada em cerca de 7,2 bilhões de euros (9,29 bilhões de dólares).

(Por Leonardo Goy)

Mais conteúdo sobre:
TELECOMTELEFONICAGVTANATEL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.