Temperatura sobe e São Paulo deixa estado de alerta

A cidade de São Paulo saiu do estado de alerta e entrou em estado de atenção às 9h45, após a temperatura atingir 11ºC. Às 20h25 de ontem, a capital paulista entrou em alerta em razão das temperaturas inferiores aos 10ºC.

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

29 Junho 2011 | 11h00

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a temperatura mínima desta madrugada foi de 7,2ºC no Mirante de Santana, na zona norte de São Paulo. Amanhã, a mínima prevista para a madrugada é de 12ºC. Embora o sol apareça com mais intensidade que nos últimos dias, pode ocorrer chuva fraca na madrugada e no final da tarde na capital.

A cada estado de atenção ou alerta, a Defesa Civil avisa a Central de Atendimento Permanente de Emergência (Cape) e aos respectivos coordenadores distritais de Defesa Civil. Assim, os agentes da Assistência Social, Guarda Civil Metropolitana (GCM), Saúde, Infraestrutura Urbana e Subprefeituras oferecem encaminhamento e acolhimento de pessoas em situação de risco.

Os chamados de remoção de moradores de rua também podem ser feitos por meio do 199. A Guarda Civil Municipal (GCM) também pode ser acionada pelo 153.

A Defesa Civil recebe a previsão meteorológica do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) e decreta os estados de criticidade de acordo com o índice da temperatura. A ação faz parte do plano de contingência para baixas temperaturas, que entrou em vigor em maio deste ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.