Tempestade complica operação de limpeza

VAZAMENTO NO GOLFO

Efe, O Estado de S.Paulo

30 de junho de 2010 | 00h00

O mau tempo, provocado pela tempestade tropical "Alex" está afetando as operações de limpeza do óleo no Golfo do México. Ontem, a Guarda Costeira americana recomendou às equipes que trabalham na limpeza que retornassem à costa. Segundo o tenente Dave French, as embarcações que faziam limpeza na costa dos estados da Louisiana, Alabama e Flórida retornaram à terra. Os fortes ventos, de até 40 quilômetros por hora, dificultam o trabalho dos técnicos de limpeza. As únicas embarcações com permissão para permanecer na área são as que tentam conter o vazamento de óleo no poço a 1.500 metros./

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.