Tempestade Ernesto ganha força e se mantém perto de Cuba

A tempestade tropical Ernesto ganhou velocidade durante a noite, mas seus ventos continuam em 85 quilômetros por hora, informou nesta segunda-feira, 28, o Instituto de Meteorologia de Cuba. Milhares de pessoas já foram evacuadas nas províncias do leste do país, onde foram tomadas medidas para salvar a frota pesqueira e as instalações produtivas.De acordo com o órgão, às 6 horas (7 horas de Brasília), Ernesto estava a 19,7 graus de latitude norte e 75,5 graus de longitude oeste, cerca de 40 quilômetros ao sudoeste de Guantánamo e aproximadamente 45 quilômetros ao sudeste de Santiago de Cuba."Nas próximas 12 a 24 horas, Ernesto deve se movimentar no mesmo rumo, com velocidade semelhante, para chegar à costa sul das províncias orientais de manhã", afirma o último comunicado do instituto. Os meteorologistas cubanos prevêem que durante o dia deve haver chuvas intensas com "ventos um pouco fortes, ressacas e possíveis inundações litorâneas em ambas as costas orientais". Fontes do instituto destacaram as dificuldades de acompanhar a evolução de Ernesto ao longo da noite, devido ao enfraquecimento que sofreu no domingo à tarde.A imprensa cubana informou nesta segunda sobre chuvas moderadas na província de Guantánamo e ventos de 45 quilômetros em Punta Maisí, no extremo leste da ilha. As províncias de Guantánamo, Santiago, Granma, Holguín, Las Tunas e Camagüey continuam em "fase de alarme", enquanto Ciego de Avila, Sancti Spíritus, Villa Clara, Cienfuegos e Matanzas, no centro do país, estão em "alerta".A tempestade tropical provocou fortes chuvas no Haiti e na República Dominicana no domingo antes de enfraquecer em seu percurso para o litoral de Cuba.

Agencia Estado,

28 de agosto de 2006 | 10h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.