Tempestade tropical Ingrid perde força no Atlântico

A tempestade tropical Ingrid, a nona aganhar um nome na temporada de furacões de 2007, perdeu forçanesta sexta-feira e não deve se tornar um furacão, disserammeteorologistas dos Estados Unidos. Às 17h (horário local), Ingrid estava a 1.145 quilômetros aleste das ilhas Lesser, no Caribe, e se movia em direção aonoroeste a cerca de 13 quilômetros por hora, informou o CentroNacional de Furacões dos Estados Unidos. Os ventos da tempestade caíram para 64 quilômetros porhora, e o centro de furacões disse esperar que a Ingrid seenfraqueça ainda mais. Tempestades tropicais tornam-se furacões quando seus ventosalcançam 119 quilômetros por hora. A atual temporada de furacões, contudo, teve algumassurpresas. Na quinta-feira, o furacão Humberto atingiu a costa doTexas e Louisiana com uma força inesperada, provocando a mortede pelo menos uma pessoa, além de causar o fechamento derefinarias texanas. Os furacões Dean e Félix, atingiram a península de Yucatán,no México, e a América Central, causando diversas mortes eestragos. (Por Michael Christie)

REUTERS

14 de setembro de 2007 | 19h40

Tudo o que sabemos sobre:
CLIMAINGRIDFORCA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.