Temporão lança plano de execução do PAC da Saúde

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, lançou hoje o programa de implementação do programa Mais Saúde, também conhecido como Programa de Aceleração do Crescimento para a Saúde (PAC da Saúde). Segundo o ministro, a promessa do governo federal é de melhoria na saúde pública, sobretudo na proposta de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS). As informações são da Agência Brasil.De acordo com a Agência Brasil, o ministro da Saúde possui metas prioritárias. "Queremos capacitar pessoal, terminar a construção de hospitais e centros de saúde, ampliar a oferta de medicamentos, o acesso às vacinas, o atendimento especializado, transplantes e leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI)", disse. "As metas do programa incluem ainda a realização de 100 milhões de exames complementares para pessoas diabéticas, a abertura de novas unidades do Programa Farmácia Popular do Brasil (totalizando 500 farmácias em todo País) e o aumento de 25% para 35% da participação de remédios genéricos no mercado", afirmou Temporão. Ele destacou ainda ações específicas para a terceira idade. "Um dos objetivos é a qualificação de 66 mil enfermeiros para idosos."Segundo o ministro, a saúde deve ser vista como uma "frente de expansão estratégica" para a política social e para o desenvolvimento, já que emprega 9,5 milhões de brasileiros. Entre o período de implementação do Mais Saúde, de 2008 a 2011, o ministério prevê a criação de outros 3 milhões de postos de saúde formais e informais em todo o País.Problemas ''críticos''Dentre os problemas considerados "críticos", o ministro destacou as longas esperas por atendimentos às consultas especializadas, por exames e por internações, além da falta de qualidade do atendimento de urgência e emergência. Ele citou também a necessidade de maior articulação da saúde com as demais políticas sociais. O PAC da Saúde foi lançado no dia 5 de dezembro pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.