Termina encontro do papa com peregrinos argentinos

O papa Francisco acaba de deixar a Catedral Metropolitana do Rio, onde se reuniu com 5 mil peregrinos argentinos. Ele falou sobre a exclusão a que os jovens estão sujeitos e pediu que os jovens lutem pelos seus valores. "Não se deixem excluir", afirmou. O pontífice agradeceu as orações e pediu que continuem em oração por ele. "Quero que a Igreja vá para as ruas", disse o papa a seus conterrâneos.

Agência Estado

25 de julho de 2013 | 14h02

Ao menos 20 mil peregrinos argentinos que não conseguiram entrar na Catedral se aglomeraram diante da igreja para ver o pontífice. Na saída, o religioso acenou e ergueu uma bandeira de seu país.

De acordo com a agenda oficial, o papa segue agora para o Centro de Estudos do Sumaré, residência oficial durante sua visita ao Rio, onde almoça e descansa. Mais tarde o pontífice segue para a cerimônia em Copacabana, prevista para às 18 horas.

Mais conteúdo sobre:
papaargentinos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.