Termina estado de atenção em toda a capital paulista

Com o enfraquecimento da chuva no início desta noite o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da Prefeitura retirou o estado de atenção de toda a capital paulista. À última região a sair do estado de atenção foi a sudeste, às 18h10.

RICARDO VALOTA, Agência Estado

20 de fevereiro de 2011 | 19h02

Entre as 16h15 e 17h15, em razão da chuva de moderada a forte, o CGE foi obrigado a colocar todas as regiões da cidade, inclusive as marginais do Pinheiros e Tietê, nesta condição. A chuva teve início nas regiões oeste e norte, deslocando-se para a regiões central, leste, sul e para Guarulhos, na Grande São Paulo. Chegou a chover granizo na Vila Leopoldina, na Lapa e na região do estádio do Pacaembu, na zona oeste.

Também na Região Metropolitana de São Paulo, a chuva forte atingiu Mairiporã, Cotia, Embu, Juquitiba e São Lourenço da Serra. Até as 18h30, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) havia recebido confirmação de oito pontos de alagamento, apenas um intransitável.

O acúmulo de água foi registrado nas seguintes vias: Avenida Rangel Pestana esquina com rua do Hipódromo (região centro-leste); na avenida Radial Leste junto ao Viaduto Cidade de Osaka; na esquina das ruas Ricardo Cavatton e Hugo D'' Antola, na Lapa; na avenida Alcântara Machado com a rua Silva Jardim; na avenida 23 de Maio junto ao Complexo Viário João Jorge Saad, avenida do Estado na altura do nº 1.500, avenida Salim Farah Maluf junto à rua Demétrio Ribeiro, e avenida Professor Abraão de Moraes com a rua Ribeiro Lacerda.

Tudo o que sabemos sobre:
ChuvaprefeituraCETMarginal Tietê

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.