Termina rebelião em presídios na Paraíba

As rebeliões de detentos nos presídios Flósculo da Nóbrega (Roger) e Romeu Gonçalves de Abrantes (PB1), no bairro de Mangabeira, em João Pessoa, iniciadas na noite de terça-feira, 29, terminaram por volta das 12h30 desta quarta-feira, segundo informações da Polícia Militar (PM).

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

30 Maio 2012 | 13h59

No PB1, um dos presos, ainda não identificado, foi atingido por um tiro na cabeça e levado em estado grave no Hospital Emergência Trauma, por volta das 9 horas desta quarta-feira. De acordo com a PM, não houve reféns.

Segundo o porta-voz do Batalhão de Operações Especiais (Bope), major Jerônimo Pereira Bisneto, após a contagem dos presos teve início a limpeza dos imóveis. Durante a rebelião, cerca de 400 detentos do PB1 e 600 do PB2, prédio localizado dentro da mesma penitenciária, destruíram grades de celas e alguns pavilhões.

Mais conteúdo sobre:
Rebelião presídios PB amplia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.