Terreno para abrigar índios no Rio será vistoriado

O juiz federal de plantão Wilson José Witzel determinou no início da tarde deste domingo a realização de uma inspeção judicial no terreno do antigo Laboratório Nacional Agropecuário (Lanagro), próximo do antigo Museu do Índio e do estádio do Maracanã, na zona Norte do Rio, para verificar a possibilidade de abrigar cerca de 20 índios no local.

FELIPE WERNECK, Agência Estado

24 de março de 2013 | 13h33

Segundo Witzel, a decisão foi tomada diante da falta de alternativas oferecidas pela Fundação Nacional dos Índios (Funai) e da ausência de representantes do governo do Estado, em audiência realizada nesta manhã para chegar a uma conciliação entre o governo do Estado e o grupo retirado do antigo Museu do Índio, ao lado do Maracanã, na última sexta-feira.

"Eles não vão sair sem uma solução adequada dentro do que prevê o estatuto dos índios", disse o juiz. O juiz formou uma comissão de representantes de indígenas, com a presença da procuradora federal de plantão. O grupo seguia para o terreno em veículos da polícia federal com o apoio de batedores do Batalhão de Choque da Polícia Militar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.