Testemunhas são ouvidas na audiência do casal Hernandes

MP apura envolvimento de Sônia e Estevam em crimes de falsidade ideológica e evasão de divisas

Priscila Trindade, da Central de Notícias,

26 de novembro de 2009 | 17h49

Duas testemunhas foram ouvidas até às 17 horas desta quinta-feira, 26, durante a audiência com os líderes da Igreja Renascer em Cristo, Sônia e Estevam Hernandes, na 6ª Vara Criminal Federal em São Paulo.  Veja também: Acusação contra líderes da Renascer pode ser arquivada Esta quinta-feira é o segundo dia de audiência sobre o processo que apura o envolvimento do casal com os crimes de falsidade ideológica e evasão de divisas. Uma das testemunhas que iria depor não compareceu à audiência, que começou por volta das 14h30 e foi retomada, após um breve intervalo, às 17h10. Na quarta-feira, 25, duas testemunhas de defesa foram ouvidas - dois bispos da Renascer que atestaram os "bons antecedentes" dos réus. Os fundadores da Renascer são suspeitos de terem ocultado bens de origem supostamente ilícita. No dia 7 de janeiro de 2007, eles foram presos em flagrante pela polícia americana com US$ 56,4 mil escondidos em uma bíblia. Sônia e Estevam Hernandes cumpriram pena na Flórida, nos Estados Unidos. 

Tudo o que sabemos sobre:
casal HernandesRenascer

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.