Testes de vacina contra aids terminam com sucesso

Um grupo de cientistas suíços encerroucom sucesso a primeira fase de testes de uma combinação de duasvacinas contra a aids, realizados simultaneamente em Londres e nacidade suíça de Lausanne, disse o representante da pesquisa,Giuseppe Pantaleo. "Os resultados vão além de nossas expectativas", afirmouPantaleo, chefe do Serviço de Imunologia do Hospital Vaudois, deLausanne. Em entrevista ao jornal Le Temps, o cientista disse que acombinação das duas vacinas - aplicadas em injeções separadas por umintervalo de 14 meses - provocou uma resposta imunológica à aids em90% dos 20 voluntários que participaram dos testes. Concretamente, a combinação das duas vacinas - a DNA HIV C e aNYVAC HIV C - conseguiu estimular as células capazes de eliminar asinfectadas pelo vírus da imunodeficiência adquirida (HIV), causadorda aids. Os resultados representam um avanço, já que em um primeiro testeclínico - realizado em 2004 pelo mesmo grupo de cientistas - apenasuma das duas vacinas (a NYVAC HIV C) foi aplicada e somente 45% daspessoas que a receberam reagiram positivamente. O médico anunciou que sua equipe prepara os testes da segundafase com 200 voluntários, "o que permitirá confirmar os primeirosresultados e verificar a tolerância dos pacientes às vacinas". No entanto, "estes testes serão mais difíceis de organizar, jáque deveriam ser desenvolvidos nos países onde a cepa do vírus sobrea qual trabalhamos (a C) está mais presente", como nações da Áfricasubsaariana e do Sudeste asiático, afirmou Pantaleo. Nestas regiões, a cepa C é causadora de 55% das infecções,informou o cientista.

Agencia Estado,

31 de agosto de 2006 | 16h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.