'Texto está cada vez pior', dizem ambientalistas

Para ONGs ambientalistas, os ruralistas conseguiram flexibilizar ainda mais as regras de recuperação de margem de rio desmatada que o governo já tinha suavizado com a MP. "A verdade é que sempre pode ficar pior do que está. É perda atrás de perda da proteção. Aos poucos os ruralistas estão conseguindo anistia da recuperação", afirma Renata Camargo, do Greenpeace.

O Estado de S.Paulo

30 de agosto de 2012 | 03h06

A chamada "estadualização" da gestão ambiental - agora os Estados definem quanto deve ser recuperado de margem de rio - também foi questionada. Para Kenzo Jucá, do WWF, isso é polêmico porque quebra o princípio da gestão integrada com União, Estados e municípios. "Assim, um rio que cruza de um Estado para outro pode correr o risco de ter as margens de cada lado de tamanhos diferentes." / G.G.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.