Texto recebe emendas

A apresentação do relatório do senador Luiz Henrique da Silveira equivale a um novo ponto de partida na polêmica reforma do Código. O texto receberá emendas até o dia 1.º e deverá ser votado em 8 de novembro nas comissões de Agricultura e Ciência e Tecnologia. Depois, será analisado pela comissão de Meio Ambiente.

O Estado de S.Paulo

26 Outubro 2011 | 03h03

A ideia é levar um texto negociado ao plenário do Senado, ainda em novembro. O acordo deverá ser amplo para evitar que os deputados queiram restabelecer, depois, o texto aprovado em maio no plenário da Câmara, ameaçado de veto pela presidente Dilma Rousseff. Depois, a reforma volta à votação na Câmara, de onde segue à sanção presidencial.

Trata-se de uma corrida contra o tempo, porque as punições a proprietários rurais que descumprem o Código entram em vigor em dezembro, após vários adiamentos. E o governo não quer deixar o assunto polêmico para 2012, quando o Brasil sediará a Rio+20.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.