Thor diz que ciclista cruzou rodovia 'inadvertidamente'

Filho de Eike Batista mata ciclista na rodovia BR-040, na Baixada Fluminense, no Rio

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

18 Março 2012 | 16h12

Em nota divulgada na tarde deste domingo, Thor Batista, de 20 anos, suspeito de atropelar e matar Wanderson Pereira dos Santos, de 30 anos, na noite de sábado, lamenta o ocorrido e afirma que o ciclista atravessou, "inadvertidamente", a rodovia BR-040 (sentido Juiz de Fora-Rio), na região de Xerém, distrito de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, no Rio.

Ainda de acordo com a nota, Thor, filho mais velho do empresário Eike Batista e da ex-modelo Luma de Oliveira, prestou socorro à vítima na hora do acidente e vai dar assistência à família de Wanderson.

Segue a nota na íntegra:

Sobre o acidente, Thor Batista lamenta profundamente o ocorrido e informa que prestou socorro à vitima, que atravessava, inadvertidamente, a rodovia 040 (sentido Juiz de Fora-Rio) de bicicleta, na noite de ontem. O empresário chamou a ambulância da Concer para prestar atendimento a Wanderson Pereira dos Santos. Thor estava na velocidade permitida, fez o teste do bafômetro e firmou declaração de próprio punho descrevendo o acidente, no posto da PRF. Thor prestará toda a assistência à família de Wanderson e comparecerá no curso da semana para prestar depoimento na 61ª DP.

Mais conteúdo sobre:
acidente ciclista Thor Eike Batista

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.