Tiroteio deixa 1 morto e menino de 14 anos ferido no Rio

Troca de tiros, um acusado morto e pelo menos um menino de 14 anos baleado de raspão na cabeça. Foi o resultado de um assalto frustrado, hoje à tarde, no Túnel Noel Rosa, em Vila Isabel, na zona norte do Rio. No momento em que sete criminosos abordavam um oficial do Exército, que estava num Sentra, da Nissan, dois investigadores passavam pelo local num Vectra da Polícia Civil.Houve tiroteio e um dos suspeitos morreu no local. Os outros seis conseguiram fugir. Um menino de 14 anos que passava pelo túnel dentro de um carro foi baleado de raspão. Ele foi atendido no Hospital do Andaraí com um ferimento superficial e recebeu alta. O oficial do Exército afirmou na delegacia que se jogou no chão e depois correu e conseguiu pular um muro para se proteger, quando os criminosos começaram a trocar tiros com os dois policiais. Ele estava com hematomas e cortes nos braços. O oficial pediu para não ter o nome revelado."Eles (os criminosos) estavam de fuzil. Quando viram que era polícia, sentaram o prego (atiraram). Os policiais revidaram e conseguiram impedir o roubo do carro", disse o delegado titular da 19ª Delegacia de Polícia (DP), na Tijuca, zona norte, Walter Alves. Os dois investigadores são da 19ª DP e voltavam de uma operação na Penha, zona norte.Os criminosos estavam em dois carros: um Gol que havia sido roubado no dia 7, na Tijuca e outro não identificado, no qual seis fugiram para o Morro dos Macacos, que é cortado pelo túnel. A polícia encontrou em 3 mochilas abandonadas pelos criminosos 2 granadas, 1 cano de fuzil, 4 carregadores de fuzil, pavio para explosivos, uma pistola 9 milímetros, 2 rádios transmissores, 2 celulares e 1 faca. O Vectra da polícia, o Sentra do oficial e o Gol abandonado pelos criminosos ficaram com marcas de tiros nos vidros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.