Tiroteio deixa 8 baleados na Penha, no RJ

Oito pessoas foram baleadas ontem no Rio de Janeiro durante tiroteio que começou na Vila Cruzeiro, na Penha, e terminou na porta do Hospital Getúlio Vargas, no mesmo bairro da zona norte da capital fluminense. Dois são policiais militares e os outros seis seriam moradores.A troca de tiros começou após uma viatura da PM ter ficado encurralada em um dos acessos à favela. Os policiais tiveram o auxílio de três blindados e uma tropa do Batalhão de Choque foi acionada. Em razão da ação, alunos da Escola Municipal Leonor Coelho Pereira ficaram abrigados por cerca de duas horas.O soldado Marcio Nunes Bernardo foi baleado de raspão na barriga e na coxa esquerda, e o cabo Sergio Fernandes de Moraes foi atingido na perna esquerda. A maioria das vítimas sofreu ferimentos de raspão. Até o fim da noite de sexta-feira, duas permaneciam internadas: João Lindolfo Correia Filho, de 63 anos, e Marcelo Luis Pinto, de 24, este em estado grave.

AE, Agencia Estado

12 de abril de 2008 | 12h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.