Tiroteio em universidade na Flórida deixa três feridos; atirador é morto

Três pessoas ficaram feridas, uma em estado crítico, quando um atirador abriu fogo na biblioteca de uma universidade NA Flórida, nos Estados Unidos, e foi morto pela polícia no início desta quinta-feira, informaram autoridades.

REUTERS

20 Novembro 2014 | 10h40

Os policiais confrontaram o atirador do lado de fora da Biblioteca Strozier, na Universidade Estadual da Flórida, pouco depois da meia noite, ordenaram que abaixasse sua arma e dispararam quando ele os alvejou, declarou a polícia de Tallahassee.

Três pessoas foram feridas, disse o porta-voz da polícia, David Northway, aos repórteres, sem dar maiores detalhes. Autoridades do hospital Memorial HealthCare de Tallahassee afirmaram que os médicos estão tratando de duas vítimas com ferimentos de bala.

Uma delas está em estado grave e a outra se encontra estável, acrescentou uma porta-voz.

A estudante de graduação Alexandra Lauren declarou à rede de televisão CNN que estava na biblioteca no momento do tiroteio.

“Ouvimos os tiros, e em uma questão de segundos o primeiro andar inteiro pareceu ficar um caos”, testemunhou Lauren, com a voz trêmula.

Trata-se do mais recente de uma série de tiroteios em escolas e faculdades dos EUA, que vêm desencadeando debates contínuos sobre o controle de armas no país.

Mais conteúdo sobre:
TIROTEIOFLORIDA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.