Tiroteio mata camelô e fere estudante de faculdade

Uma disputa entre ambulantes por ponto de venda, na noite desta quarta-feira, deixou um dos envolvidos morto, uma estudante baleada no braço, e causou tumulto em frente ao campus da Uninove, na Barra Funda, zona oeste da capital paulista.

EQUIPE AE, Agência Estado

15 Março 2012 | 02h04

Dois camelôs teriam discutido em razão de um ponto de venda. Quando um dos envolvidos guardava seus objetos em um bar próximo, foi surpreendido pelo outro vendedor, que chegou atirando. Com o tiroteio, muitos alunos correram para dentro da faculdade e houve tumulto. Algumas pessoas teriam ficado feridas ao tentar pular as catracas do prédio.

O ambulante baleado foi levado para o pronto-socorro da Barra Funda, onde morreu. Uma estudante, baleada no braço, foi encaminhada para a Santa Casa. Até as 2h desta madrugada, o autor do disparo não havia sido detido.

Mais conteúdo sobre:
SPtiroteiofaculdade

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.