Tite pede para torcida ter paciência com time do Corinthians

Treinador quer que torcida veja que trabalho está sendo feito

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

16 de maio de 2016 | 07h00

O técnico Tite criticou as vaias da torcida do Corinthians destinadas principalmente para o meia Rodriguinho e o atacante André. Para o treinador, é preciso ter paciência com os dois e respeitar a tradição do clube de ter seguidores fanáticos para incentivar, e não para reclamar.

"Tenho carinho e respeito pelo torcedor para pedir que não façam isso com os dois. Vamos fazer ajustes no time", afirmou Tite. André teve o nome vaiado tanto no anúncio da escalação, como ao deixar o campo. 

O atacante perdeu pênalti contra o Nacional, na eliminação na Libertadores. "Torcedor é emoção, lógico que fico chateado pela reação. É preciso ter paciência, estamos trabalhando", disse André.

Rodriguinho teve atuação ruim e deixou o campo sob vaias. Na saída do estádio, ele admitiu ter jogado abaixo do esperado, mas ganhou a defesa de Tite. "A torcida sempre apoiou. Essa manifestação tem me surpreendido. São algumas pessoas que de vez em quando, vaiam", disse o treinador.

Na véspera do jogo um grupo de torcedores foi ao CT do clube para criticar contra as escolhas do técnico na escalação da equipe. Tite recorreu ao histórico recente do clube na competição, com dois títulos nos últimos cinco anos, para pedir calma. "Todos merecem mais paciência. Assim como o time, o atleta precisa de ajuste", comentou o treinador.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.