TJ decidirá se atropelador vai a júri

O juiz Waldir Calciolari, da 25.ª Vara Criminal, declinou da competência para julgar o atropelamento do ciclista David Santos Sousa, de 21 anos, por Alex Siwek, de 21, na Avenida Paulista, que arrancou seu braço. Dessa forma, sinaliza que concorda com a acusação da promotoria contra Siwek por tentativa de homicídio com dolo eventual. O Tribunal de Justiça vai decidir se o crime será julgado em júri popular ou por um juiz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.