TJ-SP concede habeas-corpus ao 'Barão do Ecstasy'

O Tribunal de Justiça de São Paulo concedeu habeas-corpus e colocou ontem em liberdade o traficante Israel Domingues de Oliveira, conhecido como "Barão do Ecstasy". O TJ alegou que houve excesso de prazo para julgamento do processo que Oliveira responde por tráfico internacional de drogas e associação ao tráfico. Com a decisão do TJ, Oliveira poderá aguardar o julgamento em liberdade.Réu confesso e preso em flagrante, Oliveira, que estava preso no Centro de Detenção Provisória de São José Rio Preto, a 440 km de São Paulo, comandava o maior esquema de tráfico internacional de ecstasy descoberto no País. Em maio de 2005, a polícia encontrou em seu apartamento, em São Vicente, na Baixada Santista, 18 mil comprimidos de ecstasy e 10 quilos de cocaína escondidos em pranchas de surf. Oliveira levava cocaína e trazia ecstasy da Europa. Os comprimidos eram trocados por cocaína oriunda do Peru, Colômbia e Venezuela, que era levada por ''mulas'' em pranchas de surf e no corpo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.