TJ-SP determina fim da greve da GCM

A Secretaria Municipal de Segurança Urbana divulgou comunicado no início da noite de hoje informando que o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) determinou que Sindicato dos Guardas Civis Metropolitanos da Cidade de São Paulo (Sindguarda) e a Associação Paulista dos Integrantes e Funcionários das Guardas Municipais encerrem imediatamente a greve iniciada no último dia 25.

MAÍRA TEIXEIRA, Agencia Estado

28 Agosto 2009 | 21h18

Segundo a nota da secretaria, o presidente do TJ-SP, Roberto Vallim Bellocchi, determinou que em caso de desobediência, cada entidade estará sujeita a multa diária de R$ 100 mil. O Sindguarda afirma que ainda não foi informado sobre a decisão da Justiça.

Mais conteúdo sobre:
guardaSPTJ

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.