TJ-SP recebe justificativa para alta de ônibus

A Prefeitura de São Paulo entregou ontem o documento solicitado no mês passado pelo Tribunal de Justiça (TJ-SP) relativo ao aumento da tarifa de ônibus. O TJ-SP exigia que fossem prestadas informações para justificar a elevação da passagem de R$ 2,70 para R$ 3 no início do ano.

MARCELA GONSALVES, Agência Estado

26 de abril de 2011 | 17h33

O processo será encaminhado hoje ao Ministério Público e deverá ser analisado em um prazo de dez dias. O TJ-SP não informou qual procurador será responsável pelo caso. A solicitação foi feita em 22 de março pelo desembargador David Haddad. Ele é relator do mandado de segurança impetrado por Ítalo Cardoso, vereador e líder do PT na Câmara Municipal.

Haddad pede a suspensão do aumento da passagem. Em seu pedido, destaca que a planilha utilizada pela São Paulo Transportes (SPTrans) é inflacionada e que as incongruências proporcionam um ganho exorbitante aos concessionários e permissionários, sem beneficiar a população.

Mais conteúdo sobre:
tarifaônibusSPaumento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.