TO pode decretar estado de emergência na saúde

O governador do Tocantins, José Wilson Siqueira Campos (PSDB), determinou ontem à Procuradoria-Geral que estude uma solução para a deterioração e falta de condições de uso dos 19 hospitais públicos do Estado. Siqueira apresentou o estudo da comissão encarregada de levantar a situação na saúde, com fotos que mostram tetos desabando, equipamentos destruídos e gambiarras nas instalações elétricas, além de salas de cirurgia e enfermarias sem condições mínimas de higiene.

Célia Bretas Tahan, O Estado de S.Paulo

16 de abril de 2011 | 00h00

"Vou fazer o que for preciso para reformar completamente todos os hospitais, até mesmo decretar estado de emergência, como fizeram Acre e Rondônia", disse o governador. Além do estado de emergência, o Estado estuda propostas de empresas privadas que, por meio de parceria, passariam a gerenciar os hospitais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.