Tombini diz que bancos devem viabilizar investimentos em infraestrutura

O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, afirmou nesta quinta-feira que os bancos e o mercado de capitais devem participar dos investimentos em infraestrutura no país, e citou as concessões de portos, aeroportos, rodovias e ferrovias.

Reuters

21 de março de 2013 | 22h04

"Serão necessários novos produtos e novas formas de viabilizar a alocação adequada de fontes de recursos disponíveis para a realização desses investimentos. Esse é o desafio que o sistema financeiro tem pela frente", afirmou Tombini durante evento da Associação Brasileira de Bancos Comerciais (ABBC).

"O governo está empenhado agora em criar condições para ampliar os investimentos em nossa economia."

Em sue primeiro discurso após a ata do Comitê de Política Monetária (Copom), divulgada na semana passada, o presidente do BC não falou sobre política monetária, nem inflação. Na ata, o BC piorou seus cenários de inflação, tanto para 2013 quanto para 2014, e também deixou claro que trataria a política monetária com "cautela" diante das incertezas, como as vindas do cenário internacional.

Na sua apresentação desta quinta-feira, Tombini ressaltou ações regulatórias adotadas pelo BC para garantir a saúde do Sistema Financeiro Nacional, como a adoção de Basileia 3, que "contribui para reforçar a confiança internacional na solidez do nosso sistema financeiro".

(Reportagem de Aluísio Alves)

Tudo o que sabemos sobre:
BACENBANCOSTOMBINI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.