Tornado atingiu 15 comunidades em Guaraciaba (SC)

A cidade catarinense de Guaraciaba foi atingida por um tornado na madrugada de ontem, causando destruição em 15 municípios e a morte de quatro pessoas, segundo a Defesa Civil. A informação de que o vendaval que atingiu a velocidade de 117 quilômetros por hora tratava-se de um tornado foi confirmada pelo Centro de Informações de Recursos Ambientais e Hidrometeoroloiga de Santa Catarina (Ciram). Segundo balanço divulgado hoje, cerca de 170 famílias estão desabrigadas em Guaraciaba e 60 delas perderam todos os bens. As quatro vítimas fatais foram uma mulher de 40 anos, uma idosa de 80, um idoso de 94 e uma criança de 9 anos. Uma pessoa continua internada em estado grave.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

09 Setembro 2009 | 11h46

As dez equipes, formadas por 32 policiais militares, 30 bombeiros e dezenas voluntários, continuam hoje os trabalhos de socorro às vítimas, desobstrução de ruas, corte de árvores e distribuição de lonas. De acordo com o governo, a força do vento, que durou cerca de 90 minutos, destruiu casas, galpões, aviários, pocilgas, reflorestamento e deixaram matas nativas totalmente arrasadas.

Duas escolas estaduais foram atingidas. A Sara Castelhano Kleinkauf, no centro da cidade, teve o telhado e paredes do ginásio, inaugurado no início de 2008, arrancadas e jogadas sobre os blocos de salas de aula. A EEB Julio Vicente de Pelegrin, na Linha Guataparema, foi totalmente destruída, assim como o ginásio, que teve telhado e paredes jogados ao chão. Outras escolas estaduais do município também foram atingidas, mas com menor intensidade. As aulas estão suspensas.

Mais conteúdo sobre:
climachuvasSCtornadoGuaraciaba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.