Total de mortes causadas por dengue chega a 15 em BH

A Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte (SMSA) confirmou mais três mortes por dengue. Com esses casos, a capital mineira contabiliza 15 óbitos causados pela doença neste ano. Segundo a pasta, o boletim divulgado ontem aponta que as vítimas eram portadores de enfermidades associadas.

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

26 de agosto de 2010 | 16h25

O primeiro caso é de um homem de 78 anos, morador da região de Venda Nova. Ele era portador de Alzheimer e doença pulmonar obstrutiva crônica. Ele morreu no dia 8 de maio. O segundo óbito é de uma mulher, também de 78 anos, moradora da região noroeste do Estado. A paciente era portadora de doença pulmonar obstrutiva crônica, hipertensão e cardiopata isquêmica. Ela morreu no dia 23 de junho.

O terceiro óbito confirmado é de um homem de 56 anos, morador da região leste. Ele sofria de hipertensão e obesidade e morreu no dia 21 de julho. As três mortes foram confirmadas na segunda-feira.

De acordo com boletim, Belo Horizonte registrou até o momento 65.151 notificações da doença. Desse total, 50.145 casos foram confirmados, 11.433 descartados e 3.574 aguardam resultados de exames. A região de Venda Nova é a que apresenta maior número de ocorrências - com 11.332 confirmações -, seguida pelas regiões norte - com 8.491 casos confirmados - e noroeste - com 8.121 casos.

Tudo o que sabemos sobre:
saúdedenguemortesBH

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.