Total de mortos pelas chuvas no nordeste sobe para 23

Em Alagoas, mais de 53 mil estão desabrigadas e seis continuam desaparecidas; em algumas cidades faltam água potável e comida

Rita Cirne, do estadão.com.br

20 de junho de 2010 | 17h14

 

Destruição. Inúmeras áreas de Pernambuco também foram afetadas pela chuva. Na foto, o que sobrou do Viaduto Lucia Paiva, na cidade de Palmares.

 

SÃO PAULO - De acordo com a Defesa Civil de Alagoas, já chega a 13 o total de pessoas mortas vítimas das fortes chuvas que caem no Estado. Mais de 53 mil estão desabrigadas e seis continuam desaparecidas. Em algumas cidades faltam água potável e comida. Em Pernambuco também foram registradas outras dez mortes por conta das fortes chuvas e inundações.

 

Veja também:

Vítimas das chuvas em PE e AL receberão ajuda, diz ministério

Segundo o coordenador da Defesa Civil, o coronel Neitonio Freitas, seis helicópteros trabalham no resgate às vítimas nos municípios de Santana de Mundaú e São José da Laje.

O governador do Estado, Teotônio Vilela Filho (PSDB), decretou estado de calamidade pública.

 

Também foi lançada uma campanha de arrecadação de donativos para ajudar as vítimas. Todos podem contribuir com alimentos não perecíveis, lençóis, cobertores, fraldas descartáveis e roupas.

 

As doações feitas neste domingo devem ser enviadas para a Defesa Civil de Alagoas. A partir de segunda-feira, 21, a ajuda será arrecadada na sede da Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social de Alagoas.

 

No sábado, 19, o nível do Rio Paraíba chegou a 6,4 metros. Atalaia, Viçosa, Capela, Quebrangulo, Paulo Jacinto foram as cidades alagoanas mais atingidas. Todas as rodovias federais do estado ainda estão interditadas.

 

Havia pessoas em Rio Largo e Murici. Em União dos Palmares, e a Unidade de Resgate não teve acesso a Subestação da Eletrobrás, onde estavam ilhadas mais de 20 pessoas ilhadas desde sexta-feira, 18.

Tudo o que sabemos sobre:
chuvasAlagoasnordeste

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.