Traficante sul-africano morre com cocaína no estômago

Transportando quase 1,6 quilo de cocaína dentro do estômago, o sul-africano Louis Hendrik Odendaal, de 32 anos, acabou morrendo, na madrugada de ontem, após uma das 104 cápsulas, cada uma contendo cera de 15 gramas da droga, estourar e causar uma overdose em seu organismo.

RICARDO VALOTA, Agência Estado

07 de junho de 2010 | 00h35

O traficante começou a passar mal no espaço aéreo brasileiro em um voo da Lufthansa proveniente de Buenos Aires, na Argentina, com destino a Frankfurt, na Alemanha. Por causa do incidente, a aeronave fez um pouso de emergência no Aeroporto Internacional Gilberto Freyre, em Guararapes, Recife(PE).

O passageiro morreu antes mesmo de ser atendido pelos médicos, por volta das 3h30. A Polícia Federal vai instaurar um inquérito para apurar a morte e o governo sul-africano será comunicado via embaixada brasileira.

Tudo o que sabemos sobre:
Mortecocaínatraficante

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.