Transmissão do 1º ‘lifecaster’ dura apenas 2 minutos

O brasiliense Marco Mugnatto foi o primeiro lifecaster brasileiro. Em setembro, ele seguiu os exemplos de Justin Kan e da blogueira Justine Ezarik e saiu filmando sua vida com uma câmera no boné. A transmissão durou menos de dois minutos – e todos os créditos do celular 2G. O vídeo da experiência pode ser visto em tinyurl.com/5wxqt4.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.