Transporte coletivo é a opção mais lenta em SP e RJ

O uso de transporte coletivo é a opção mais lenta de deslocamento urbano para os moradores de São Paulo e Rio de Janeiro, é o que revela uma pesquisa da PROTESTE, uma associação de defesa ao consumidor, divulgada na última semana. Em testes realizados nas duas capitais, os ônibus e trens do metrô chegaram a levar mais que o dobro de tempo para percorrer o mesmo trajeto que veículos particulares, apesar do trânsito das duas cidades.

GABRIELA VIEIRA, Agência Estado

10 de junho de 2013 | 09h33

Durante três dias, a associação acompanhou o trajeto feito com os diferentes meios de transporte durante o horário de pico (por volta das 8h e depois, às 17h30). Em São Paulo, o trecho de 14 km entre a Avenida Luiz Carlos Berrini, no Brooklin, em direção à sede da Prefeitura, na região central da capital paulista, chegou a levar duas horas e 26 minutos quando percorrido de ônibus. O trajeto, no mesmo dia e horário, demorou 42 minutos de carro e 35 de moto. De metrô, o tempo de viagem foi de uma hora e dez minutos.

Ainda de acordo com a pesquisa, o trânsito do final da tarde na capital paulista faz com que o trajeto de volta demore, em média, duas vezes mais do que o tempo enfrentado na ida.

Já no Rio de Janeiro, os usuários de ônibus e de metrô levaram cerca de 20 minutos a mais do que os motoristas para percorrer o trajeto da Barra da Tijuca até o Largo da Carioca, no Centro, que somava 28 km. Na capital carioca, apenas quem usou moto conseguiu fazer o trajeto em menos de uma hora, enquanto o transporte coletivo demorou, em média, duas horas para ir e voltar pelo trecho nos três dias do estudo.

Tudo o que sabemos sobre:
transporteSPRJ

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.