Travessia de balsa no litoral de SP demora até 12 horas

Rajadas de vento de até 70 km/h arrancaram árvores e interditaram travessia três vezes

Da Redação, Agência Estado

05 Janeiro 2009 | 08h33

O retorno do paulistano neste feriado chegou a demorar até 15 horas para quem teve de enfrentar balsa e estrada. A travessia de balsa entre Ilhabela e São Sebastião, no litoral norte de São Paulo, chegou a demorar 12 horas pois teve de ser interditada três vezes neste domingo, 4, por causa do temporal que se formou na região. Ventos de 61 km/hora, com rajadas que chegaram a 70 km/hora e arrancaram árvores em Ilhabela foram os motivos da interdição. De acordo com a Capitania dos Portos, as embarcações podem seguir viagem com ventos de no máximo 39 km/hora. À meia-noite de sábado, 3, a velocidade dos ventos praticamente dobrou. A Polícia Militar ajudou na organização da fila e também na passagem. Foi dada prioridade a pessoas que tinham voos marcados ou outras necessidades. A Dersa chegou a sugerir, com base no mau tempo, que os turistas adiassem a saída pelo menos até a manhã desta segunda. Mesmo assim, a espera foi grande. Houve cerca de oito quilômetros de congestionamento do lado de Ilhabela. Pelo menos 5 mil veículos fariam a passagem no domingo, se o tráfego estivesse normalizado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.