TRE tira mandato de deputado ''infiel''

Paraná

, O Estadao de S.Paulo

20 de novembro de 2009 | 00h00

Com base na norma da infidelidade partidária, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Paraná determinou a perda do mandato do deputado estadual Mário Roque (PMDB). Ele tinha assumido a vaga de Fernando Carli Filho (ex-PSB), que renunciou. Roque foi eleito primeiro suplente do PSB nas eleições de 2006, mas trocou de partido, alegando perseguição. Com a decisão, o TRE também determinou a imediata posse do segundo suplente do PSB, Wilson Quinteiro, que permanece no partido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.