Treinos da F1 começam com mensagem para Kubica; piloto deixa UTI

As equipes da Fórmula 1 usaram seus carros para mandar uma mensagem de "melhore logo" a Robert Kubica, e o piloto polonês deixou a Unidade de Terapia Intensiva quatro dias após ter sofrido um grave acidente numa prova de rali.

REUTERS

10 de fevereiro de 2011 | 13h09

As escuderias começaram o segundo teste da pré-temporada no circuito de Jerez, no sul da Espanha, com a mensagem em polonês "Szybkiego powrotu do zdrowia Robert (Melhore Logo Robert)" escrita na lateral dos carros.

O site da Associação das Equipes de Fórmula 1 (www.teamsassociation.org) também publicou a mensagem.

Um porta-voz da Renault disse que o polonês, que sofreu graves lesões no braço, perna e mão ao bater no muro de uma igreja em Gênova no domingo, deve ser submetido a mais cirurgias na sexta-feira.

O piloto de 26 anos foi operado durante sete horas por duas equipes de cirurgiões no domingo para salvar a mão direita.

Kubica, um dos maiores talentos da Fórmula 1 e visto como um futuro campeão mundial, perderá ao menos os dois primeiros meses da temporada e possivelmente ficará fora o ano todo devido à gravidade da lesão na mão direita.

O alemão Nick Heidfeld, que não pilota desde que deixou a Sauber no ano passado, disputa com o brasileiro Bruno Senna, reserva da Renault, a vaga aberta pela lesão de Kubica.

(Reportagem de Alan Baldwin)

Tudo o que sabemos sobre:
F1KUBICAUTISAI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.