Trem da Linha 2 tem princípio de incêndio no Rio

Um princípio de incêndio ocorreu, nesta terça-feira pela manhã, na Linha 2 do metrô do Rio de Janeiro. Por volta das 7h10, o trem que seguia da Estação Botafogo para a Pavuna apresentou um problema técnico na Estação Cinelândia obrigando os passageiros a deixar a composição. Enquanto o trem seguia, já vazio, para o Centro de Manutenção, ocorreu um curto-circuito sob o piso de um dos carros.

FELIPE TAU, Agência Estado

07 de agosto de 2012 | 11h30

O fogo foi controlado e apagado pelos próprios funcionários da concessionária MetrôRio. O incidente obrigou a empresa a ampliar os intervalos de chegada e saída dos trens. A Agetransp, agência que regula os transportes no Estado, instaurou processo para apurar o que teria acontecido. Fiscais da agência foram enviados ao local para avaliar os danos. Dependendo do resultado das investigações, o MetrôRio pode ser punido com advertência até multas, ambas previstas em contrato.

Segundo o MetrôRio, entre 650 mil e 700 mil pessoas são transportadas diariamente nas linhas 1 e 2, de segunda a sexta-feira. A circulação dos trens já foi normalizada.

Mais conteúdo sobre:
acidentemetrôRio de Janeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.