Trem pára e passageiros seguem pelos trilhos em SP

Passageiros relatam que ar-condicionado deixou de funcionar; eles desceram dos vagões sem auxílio de escada

Paulo R. Zulino, estadao.com.br

27 Fevereiro 2008 | 13h34

Passageiros tiveram de descer de um trem da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e caminhar pela linha férrea na manhã desta quarta-feira, 27. De acordo com a assessoria de imprensa da empresa, o caso aconteceu, na linha C Esmeralda (Osasco/Autódromo de Interlagos), entre as estações Presidente Altino e Ceasa, na zona oeste de São Paulo. Uma composição que se aproximava da Estação Ceasa, no sentido Interlagos, travou quando o trem diminuía a velocidade para entrar na plataforma. Os passageiros relataram que o ar-condicionado deixou de funcionar. Eles tiveram de descer sem a ajuda de escadas e precisaram caminhar pelos trilhos. A assessoria de imprensa da CPTM informou que, como o trem parou a cerca de 50 metros da estação, foi autorizada a abertura das portas dos vagões e permitida a caminhada dos usuários. A circulação de trens no sentido Autódromo de Interlagos ficou interrompida até às 10 horas, entre as estações Osasco e Ceasa, por medida de segurança em relação aos passageiros.

Mais conteúdo sobre:
trem páraCPTMSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.