Três acidente nas estradas de MG deixam 7 mortos

Entre a noite de quinta-feira e a manhã desta sexta-feira, 23, sete pessoas morreram e 69 ficaram feridas em três acidentes em três rodovias diferentes em Minas Gerais. No mais grave, cinco pessoas de uma mesma família morreram depois que o carro em que estavam colidiu de frente com uma carreta carregada com 38 toneladas de ferro, no município de Luz, no sul do Estado.O acidente aconteceu nesta sexta, quando o Fiat Siena (placas HBS-3037) dirigido pelo empresário Renato Fuzessyx Teixeira colidiu de frente com uma carreta Volvo SH-12/380 ao tentar fazer uma ultrapassagem no Trevo de Luz, no quilômetro 530 da BR-262. Além do empresário, no carro estavam a mãe dele, Estela Andrade Teixeira, sua filha, Janaína Andrade Teixeira, e dois netos, Pedro Andrade Teixeira, de sete anos, e Ricardo Andrade Teixeira Timo, de 13. Todos os cinco ocupantes do Siena morreram no local da colisão e os dois ocupantes da carreta foram levados feridos para o hospital da cidade.RibanceiraHoras antes, a PRF registrou um acidente com um ônibus que caiu em uma ribanceira de 12 metros de altura, no quilômetro 25 da BR-365, em Pirapora, após um assalto. O ônibus (placa BUS-4396), pertencente à empresa Beltur Transporte e Turismo Ltda, transportava sacoleiros de Montes Claros para Goiânia e foi abordado por três homens armados, depois que o veículo foi fechado por um veículo de passeio. Os bandidos ficaram dentro do coletivo por dez quilômetros e levaram dinheiro e objetos de valor dos passageiros. Depois, ordenaram ao motorista que estacionasse o veículo ao lado da ribanceira.Segundo o policial rodoviário federal Bernardo Comini, o motorista aproveitou um descuido dos assaltantes e escapou. Após a fuga, o ônibus caiu na ribanceira. "Estamos trabalhando com duas hipóteses: ou o ônibus foi empurrado para o abismo ou houve imperícia dos assaltantes ao tentar operar o ônibus", disse. O veículo acidentado era o penúltimo de um comboio de cinco ônibus de sacoleiros - mas nenhum dos demais veículos do grupo percebeu o assalto. Dos 48 passageiros, 47 ficaram feridos e foram levados para dois hospitais de Montes Claros. A operação de resgate reuniu cerca de 30 homens do Corpo de Bombeiros. Os criminosos escaparam.O terceiro acidente aconteceu na BR-116, na região leste de Minas Gerais, envolveu dois ônibus e deixou um saldo de dois mortos - um homem de 64 anos e outro de 32 anos - e 20 feridos. Segundo a PRF, às 22h40 de ontem, um ônibus (placa KPJ-3007) que seguia de Nanuque para Juiz de Fora tentou desviar de uma vaca, no trecho da BR-116 que cruza o município de Engenho de Caldas. Ele acabou batendo em outro ônibus (placa DJF-3260), que havia saído de São Paulo e ia para o interior da Bahia.

ERNESTO BATISTA, Agencia Estado

23 de novembro de 2007 | 16h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.