Três córregos transbordam e Penha entra em estado de alerta

Atualizada às 18h27

Juliana Diógenes, Estadão Conteúdo

12 Dezembro 2015 | 17h42

A chuva que atinge São Paulo causou o transbordamento de três córregos na subprefeitura da Penha deste sábado, 12. Por volta das 17h, o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura de São Paulo, decretou estado de alerta na região da Penha, na zona leste da capital. Toda a cidade entrou em estado de atenção às 15h35.

Os córregos Franquinho (Avenida Dom Hélder Câmara), o Ponte Rasa (Rua Amorim Diniz), e o Tiquatira (Rua Maria Leocadía) transbordaram às 17h, segundo informações do CGE. O restante das subprefeituras segue em atenção.

Previstas no início da tarde, as chuvas mais intensas com descargas elétricas e rajadas de vento já começam a se afastar da capital, restando apenas áreas de menor intensidade que devem se prolongar até o começo da noite.

Os maiores índices registrados pelas estações meteorológicas do CGE foram na Penha (56,8mm), Tremembé (40,5mm), Aricanduva/Vila Formosa (38mm), Itaquera (38mm) e São Mateus (29,2mm).

As rajadas de vento chegaram a 72km/h no Aeroporto de Guarulhos, às 15h27, e a 47km/h no Aeroporto Campo de Marte às 15h10.

Próximos dias. Segundo o CGE, nos próximos dias o tempo segue com sol, temperaturas em elevação e chuvas isoladas no fim das tarde. No domingo, 13, há previsão de variação de nuvens e temperaturas em elevação na Grande São Paulo. A temperatura varia de 21ºC a 32ºC. A umidade relativa do ar cai e deve atingir valores abaixo dos 40% em horários mais quentes. Podem haver pancadas isoladas no final da tarde.

Na segunda-feira, 14, a umidade relativa do ar segue em queda, e as máximas superam os 32ºC. Temperatura mínima será de 21ºC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.