Trotes com álcool levam calouros a posto médico

Cinco calouros da Universidade Positivo (UP), de Curitiba, precisaram de atendimento médico nesta semana por causa do consumo excessivo de álcool. Pelo menos três deles entraram em coma alcoólico. A direção da instituição de ensino afirma que foi instaurada uma comissão de sindicância para apurar se os calouros foram obrigados a beber por veteranos. Caso haja comprovação e identificação, os alunos podem ser advertidos, suspensos, expulsos ou denunciados à polícia. Na quarta-feira, três calouros passaram pelo mesmo tipo de trote em Ponta Grossa, Paraná.

, O Estado de S.Paulo

19 de fevereiro de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.