Tuberculose resistente matou 150 mil em 2008

SAÚDE

Reuters, O Estadao de S.Paulo

19 de março de 2010 | 00h00

Uma epidemia de tuberculose resistente a remédios matou no mundo, em 2008, cerca de 150 mil pessoas e infectou de 400 mil a 500 mil, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Para a agência da ONU, os números sugerem que a infecção, de difícil tratamento, está se alastrando e que os países deveriam instalar laboratórios para combatê-la. Esse tipo de doença é comum especialmente na China, na Índia (esses dois países concentram cerca de metade dos casos do mundo), na Rússia e no Tajiquistão. O estudo também diz que mais de 2 milhões de pessoas estão contaminadas pela Mycobacterium tuberculosis, mas quase todas as infecções estão latentes, porque os portadores não apresentam sintomas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.