Tubulação rompe e deixa 20 mil sem água em São Paulo

Cerca de 20 mil moradores da região da Rua do Oratório, na Mooca, zona leste de São Paulo, estão sem água desde a manhã de ontem por conta do rompimento de uma tubulação. De acordo com a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), a equipe operacional está desde ontem trabalhando no local, porém a rede de água, de 900 milímetros, está a cinco metros de profundidade, o que dificulta os reparos.

FABIANA MARCHEZI, Agência Estado

10 de maio de 2010 | 14h43

Na tarde de hoje a equipe retirava a tubulação quebrada. O término dos trabalhos está previsto para esta noite. O problema também abriu uma cratera na rua, onde o trânsito flui em meia pista nesta tarde.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.