Tufão Kalmaegi atinge norte das Filipinas e corta linhas de transmissão de energia

Um forte tufão atingiu a região norte produtora de arroz das Filipinas neste domingo, cortando linhas de energia e de comunicações e forçando pessoas a fugir para terrenos mais elevados, disseram funcionários da agência nacional de desastres.

REUTERS

14 Setembro 2014 | 10h14

Com ventos centrais de 130 quilômetros por hora e rajadas de até 160 quilômetros por hora, o tufão Kalmaegi desembarcou no início da noite de domingo na província de Isabela, despejando fortes chuvas que encharcaram fazendas, disse Alexander Pama, diretor-executivo da agência nacional de redução do risco e do conselho de gestão.

Kalmaegi, conhecido localmente como "Luis", está se movendo de oeste a noroeste a 22 quilômetros por hora, mas espera-se que enfraqueça e perca velocidade, uma vez que vai atravessar uma região montanhosa antes de sair para o Mar do Sul da China.

"Ainda não há relatos de vítimas e danos", disse Pama. "Estamos iniciando a nossa resposta a desastres. Vamos evacuar áreas propensas a inundação e de baixa altitude, temos pacotes de comida pré-posicionados para as famílias deslocadas."

A agência de desastres não tem uma estimativa sobre o número de pessoas que foram movidas para áreas de abrigo, mas centenas haviam deixado aldeias costeiras com a aproximação da tempestade.

(Por Manuel Mogato)

Mais conteúdo sobre:
FILIPINASTUFAOENERGIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.