Tumores ósseos atingem mais crianças e jovens

Os tumores ósseos são mais comuns em crianças e adolescentes e representam entre 1% e 2% dos tipos de câncer. A taxa média anual de incidência no mundo todo é de 8,7 casos por milhão de crianças e adolescentes com menos de 20 anos.

O Estado de S.Paulo

24 Abril 2012 | 03h04

Nos EUA, cerca de 700 crianças são diagnosticadas a cada ano com este tumor. No Brasil, o Instituto Nacional de Câncer (Inca) não possui estimativa de novos casos por se tratar de câncer infantil (há dados entre adultos). Mas, segundo o Inca, a maior taxa média de incidência de câncer ósseo foi registrada em meninos em Goiânia (22 casos por milhão) e a menor, em meninas, em Campinas (2,3 casos por milhão. Os principais sintomas são dor - que piora à noite - e aumento de massa no local. / F.B.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.